Dia dos Namorados e Blá

Imagem

Tá, a gente sabe que o Dia dos Namorados é um dia especial. Almofadas em forma de coração, canecas com frases românticas, e nem preciso falar dos famosos ursinhos não é mesmo? O clima meloso que fica impregnado no ar é aproveitado pelos casais que exalam sempre mais e mais quando saem para comemorar o dia 12 de junho, sem se importar se é um sábado ou uma terça-feira.

Meu Dia dos Namorados esse ano foi completamente atípico. Eu não esperava flores nem chocolate, mas esperava alguma coisa sabe? Não tem palavras para descrever como é ruim ter que assistir meninas recebendo surpresas super fofas e você não receber nada. Acho que esse é um dos motivos para querer se ter um namorado.

Como está sendo impossível navegar na internet sem se deparar com textos gigantescos, vídeos e fotos, fui me informar mais sobre o assunto (já que não tinha jeito né), e descobri que a história que deu origem a essa data tão especial as vezes não é tão fofa quanto a gente pensa.Quer dizer, diz a lenda que a data foi criada depois que o bispo Valentim desobedeceu a regra imposta pelo rei Cláudio II, que proibia a realização de casamentos durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.

Além de continuar celebrando casamentos, ele se casou secretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.

Outra versão diz que no século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar o Dia de São Valentim como a união do Dia dos Namorados. A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, tornando-se o The Valentine’s Day. E na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do(a) amado(a).

No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de junho por ser véspera do 13 de junho, Dia de Santo Antônio, que é o famoso santo casamenteiro. A data provavelmente surgiu no comércio paulista, quando um comerciante trouxe a ideia do exterior e a apresentou aos comerciantes. A ideia se expandiu pelo Brasil, e é utilizada para incentivar a troca de presentes entre os apaixonados.

E ai, vocês já sabiam disso? Espero que todos tenham aproveitado o dia dos namorados como imaginaram! Seja perto ou longe de quem você gosta, o importante é demonstrar o sentimento né gente?

Imagem

Um beijo! Beatriz.

Anúncios

Um comentário sobre “Dia dos Namorados e Blá

  1. É tão melhor comemorar o dia dos namorados sabendo disso… A maioria das datas comemorativas no Brasil são por motivos financeiros, isso quase todo mundo já percebeu, pena. Mas a história do bispo Valentim é linda, obrigada por trazer a tona ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s