Quinta em Outra Língua: The Selection, por Kiera Cass

Editora: Harper

Ano: 2012

Páginas: 327

ISBN: 978-0-06-220313-7

For thirty-five girls, the Selection is the chance of a lifetime. The opportunity to escape the life laid out for them since birth. To be swept up in a world of glittering gowns and priceless jewels. To live in the palace and compete for the heart of the gorgeous Prince Maxon.

But for America Singer, being Selected is a nightmare. It means turning her back on her secret love with Aspen, who is a caste below her. Leaving her home to enter a fierce competition for a crown she doesn’t want. Living in a palace that is constantly threatened by violent rebel attacks.

Then America meets Prince Maxon. Gradually, she starts to question all the plans she’s made for herself- and realizes that the life she’s always dreamed of may not compare to a future she never imagined.

“Yes Maxon,” I whispered. “It’s possible.”

Começamos a história no país de Iléa, junto com a protagonista America Singer e sua típica família da casta 5. Achei muito interessante essa organização por castas, a autora descreve muito bem as características de cada uma. Quanto mais alto for o número da casta, pior é a qualidade de vida, e a casta que America faz parte, é constituída por músicos e artistas.

Mesmo sendo proibido, America namora a dois anos com um garoto da casta 6, o Aspen. Por serem de castas distintas, o relacionamento dos dois é proibido, e eles só se encontram durante as madrugadas. Aspen é o responsável por fazer com que America responda a carta que recebeu e participe da seleção, onde depois de vários testes e fotos, apenas 35 garotas poderão entrar no Palácio e concorrer pela mão do príncipe Maxon.

Durante a estadia no palácio, acho que a autora se perdeu um pouco. Provavelmente por estar hiper animada com o relacionamento do príncipe com as garotas, mas acontece que as participantes não fazem absolutamente quase nada além de ficar conversando em um grande salão e esperando para serem chamas para sair pelo príncipe.

America é uma das garotas com mais personalidade em todo o livro, e eu simpatizei bastante com ela, porque ao mesmo tempo que ela é inocente e cabeça quente, ela não se irrita com qualquer coisa, ela sabe que as coisas simplesmente acontecem daquele jeito no seu país, e ela sabe que não existe nada que mude isso.

Acho que não preciso falar o quanto o Príncipe é fofo né? GENTE, que menino lindo. De verdade, a Kiera conseguiu descrever o homem mais fofo, simpático, educado, inocente, inteligente, com personalidade… Ai! Amei, amei amei amei! A relação dele com a personagem principal é muito engraçada boa parte do tempo, porque como America está longe da família e do Aspen, está bastante fragilizada e mostra logo na primeira vez que vê o príncipe, que está lá puramente pela comida, pelo dinheiro, e que não tem nenhum interesse nele. Por gostar da sinceridade de America, eles acabam se aproximando como amigos, e o príncipe promete que vai deixa-la no palácio até que ele precise escolher uma esposa.

O livro teve um final bastante diferente na minha opinião, porque você começa a história com 35 garotas e espera que no final do livro o príncipe escolha alguma delas, MAS ISSO NÃO ACONTECE! O livro acaba ainda restando 6 garotas no “jogo” e é desesperador chegar nas últimas páginas do livro e notar que você vai ter que esperar até abril de 2013 para saber qual enredo a história vai tomar.

Amei amei amei amei o livro e estou super ansiosa para a continuação e que vai se chamar “The Elite”! A narração é bem dinâmica e faz com que você também se sinta como uma princesa no livro. Li o livro em inglês, e posso dizer que o nível é fácil. Não há nenhuma palavra de outro mundo, então é uma leitura bem rápida e não é necessário ficar analisando o dicionário.

Bia, mas eu não sei ler em inglês… O livro não vai ser lançado no Brasil? SIM! Exatamente amanhã, dia 21 de setembro, o livro, que já está em pré-venda, vai chegar nas livrarias em português! E aí, o que acharam da resenha? Vão ler o livro?

Anúncios

5 comentários sobre “Quinta em Outra Língua: The Selection, por Kiera Cass

  1. Sempre que leio suas resenhas fico me remoendo pra ler o livro… Isso é maldade comigo, pobre menina pobre que não tem dinheiro pra comprar um livro toda semana D:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s