Resenha: A Maldição do Tigre, por Colleen Houck

Editora: Arqueiro 

ISBN: 8580410266

Ano de Lançamento: 2011

Número de páginas: 352

Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração – um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. ‘A maldição do tigre’ é o primeiro volume de uma saga que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores.

 

Acho que a palavra certa para descrever a minha reação depois de ler esse livro foi: Incrível. Nunca imaginei que a autora fosse conseguir me fazer interessar tanto pela Índia, e por seus costumes e lendas. A história começa com aquele ar meio que clichê, e o pensamento “Hm, eu já li algo desse gênero” fica na nossa cabeça até que a narração mude um pouco de ritmo.

Começamos a história com a adolescente Kelsey, a órfã de pai e de mãe que vive com a sua família adotiva no Oregon. Por não ter condições financeiras para cursas a faculdade, ela decide começar a trabalhar, e a primeira opção que ela encontra é em um circo, onde ela tem que passear com os cachorros e alimentar o magnífico tigre branco, que é a estrela do espetáculo. Logo nas primeiras páginas, o leitor nota, junto com a Kelsey, que o tigre não é um tigre comum. Seu nome é Ren, e no desenvolver na história, descobrimos que ele na verdade é um príncipe indiano que foi amaldiçoado e precisa da ajuda da Kelsey para quebrar a maldição.

Tanto pelo dinheiro, tanto pela vontade de ajudar o príncipe, Kelsey embarca em um avião à caminho da Índia, onde muitas aventuras, romance e noites mal dormidas vão mudar a sua vida completamente. De acordo com que a história se desenrola, Ren consegue ficar mudando de forma física, sendo hora um lindo tigre branco, e em outra, o irresistível príncipe, o que aumenta a relação entre os dois e cria o romance mais fofo que eu já vi em muito tempo.

A personalidade da Kelsey é incrível! Acho que não poderia existir uma personagem melhor para o livro, porque ela é madura (mas sem ser sem graça), engraçada (mas sem ser forçada) e pensa de uma maneira, que acho bem difícil que o leitor não se compare com ela em pelo menos um momento da história. Como ninguém é perfeito, muitas vezes eu fiquei com muita raiva da personagem, ou por fazer alguma burrada, ou por ficar naquele dilema: Ah, será que ele é o garoto certo para mim? Mas de modo geral, considero que esses pensamentos ou atitudes são comuns de garotas adolescentes, e isso só torna a personagem mais real.

Se você me acompanha nas redes sociais, principalmente no twitter, com certeza já sabe que o Ren (que é o personagem principal da história) virou a minha nova paixão platônica e que atualmente meu padrão “perfeito” se resume a homens com a mesma personalidade envolvente, fofa, charmosa e perfeita que ele tem. Acho que por ser inocente, mas ao mesmo tempo com aquele ar sensual, o Ren me cativou nas primeiras páginas do livro, e mesmo tendo vergonha, preciso assumir que me apaixonei por um Tigre.

Acho que o único ponto negativo que encontrei na história foi o final, porque já não estava mais aguentando as frescuras da personagem principal e pelo que tudo indica, haverá um triângulo amoroso, e pessoalmente, já estou SUPER cansada disso! De modo geral, a leitura é leve, envolvente e faz você se angustiar junto com os personagens, seja com ciúmes, medo ou amor (no meu caso, rs).

Super indico esse livro! A Maldição do Tigre é o primeiro livro de uma série!

 

 

 

Anúncios

3 comentários sobre “Resenha: A Maldição do Tigre, por Colleen Houck

  1. Eu curto essa série.. pelo cenário pouco abordado na fantasia, pelos tigres…. adoro felinos! Meu gato preto se chama Kishan por causa desta série, mas concordo com vc sobre o triângulo amoroso… só tem isso ultimamente nos livros…r
    Adorei a resenha!
    Bjokas
    Lica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s